Se a curiosidade matou o gato, pelo menos ele não morreu ignorante.
The truth is out there and inside us.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

A cultura da mamadeira e o controle exercido sobre os consumidores



Lendo o último e excelente livro de Michael Moore, "Adoro Problemas"1, dentre tantos casos narrados para nosso aprendizado e deleite, deparei-me com uma história que me intrigou (Veja bem: por mais que pensemos na questão da sociedade capitalista e saibamos das múltiplas enganações perpetradas pelos fornecedores, há sempre algo a aprender). Eis o fato trazido, com muito humor, pelo autor: Disse ele que, quando nasceu, na década de 1950, estando na maternidade, descobriu que ao invés dos seios de sua mãe, impingiram-lhe e também a seus colegas bebês mamilos falsos de borracha:.
"Na década de 1950, os hospitais se consideravam como a vanguarda da sociedade moderna do pós-guerra. E convenciam as mulheres hospitalizadas de que ser 'moderna' significava não dar de mamar ao seu bebê, que amamentar era antiquado e inútil. As mulheres modernas usavam mamadeira!"2.
"Convenceram nossas mães de que se um alimento vinha numa garrafa – ou numa lata, caixa ou saco de celofane -, então ele era de alguma forma melhor para você do que quando vinha grátis via mãe natureza"3.
Depois, espantado, o cineasta americano pergunta:
"Era, de fato, assim tão fácil enganar nossos pais? Se eles podiam ser enganados de modo tão fácil a esse respeito, o que mais eles podiam ser convencidos a testar? Creme de milho em lata? Grama artificial?"4.
E, de fato, como é possível que isso tenha ocorrido? Ao que consta, é sabido por todos, com muita tranquilidade, da importância do aleitamento materno, mas pude constatar que, realmente, naquele período dos anos cinquenta, era "moda" usar mamadeira, desprezando-se o leite que a mãe podia oferecer. Pensei, então, que a análise do caso narrado por Michael Moore poderia permitir a elucidação do modus operandi de alguns setores do mercado capitalista no processo de enganação, controle e alienação dos consumidores, a partir da análise das técnicas implementadas pela indústria de leite como substituto do leite natural. Meu caro leitor veja o que encontrei.
Maria Lúcia Magalhães Bosi e Márcia Tavares Machado, no artigo intitulado "Amamentação: um resgate histórico"5, apresentam um panorama que permite uma análise.
Inicialmente, transcrevo o que se sabe, realçado pelas pesquisadoras:
"O leite materno é o alimento adequado para as crianças nos primeiros meses de vida, tanto do ponto de vista nutritivo e imunológico quanto no plano psicológico, além de favorecer o vínculo mãe-filho quando o ato de amamentar é bem vivenciado pelas mães"6.
No início do Século XX, já estavam em pleno desenvolvimento as pesquisas e a produção de alimentos que pudessem substituir o leite materno durante o período de desmame. Várias alternativas de leite de vaca, com adição de açúcar, água, cremes, etc., que permitiam uma melhor digestão, foram oferecidas.
"Os médicos passam a aderir às novas alternativas, prescrevendo-as como benéficas para a alimentação infantil. Essas práticas associam-se a um forte marketing focalizado nos pediatras, que passariam a desempenhar um papel decisivo como influenciadores de um novo movimento na sociedade: a 'cultura da mamadeira'"7.
As autoras relatam que as indústrias de alimentos realizavam campanhas publicitárias em jornais médicos e paramédicos, visando – e conseguindo – influenciar os médicos que prescreviam as fórmulas para as mães.
Assim, aos poucos e incessantemente, os produtos foram se tornando confiáveis:
"No final dos anos 40, iniciando os anos 50, os produtos são apresentados como uma opção para facilitar a tarefa dos médicos que passam a prescrevê-los indiscriminadamente às mães, como a forma mais prática e viável para seus filhos"8.
Nos anos seguintes, o leite em pó passou a ser recomendado e utilizado tão logo o bebê nascia.
Como apontam as autoras, as estratégias para criar essa cultura da mamadeira envolviam o fornecimento de produtos lácteos aos profissionais de saúde (médicos e nutricionistas), o patrocínio de reuniões científicas, cursos de atualização e congressos, a contribuição para manutenção de revistas científicas, nas quais eram publicados anúncios constantemente, etc.
É de se prestar bastante atenção no esquema, que não só vingou como é utilizado abertamente pelas grandes corporações até os dias atuais. Alguns produtos para serem aceitos pelos consumidores passam por um largo processo de "convencimento". Talvez num primeiro momento os consumidores não se interessem, como se deu no caso narrado. "Leite em pó, com água e outros componentes numa mamadeira?", devem ter dito as mães num primeiro momento. "Não quero, prefiro que meu filho tome o que eu tenho para dar e que já está pronto". Talvez. Daí é que, então, a indústria desenvolveu seu plano estratégico.
Era preciso dar autenticidade ao produto; havia que se mostrar suas qualidades. Quem melhor que os cientistas para fazê-lo? Ou, na hipótese, os médicos e nutricionistas. Como os pais poderiam deles duvidar? Para convencer esses cientistas, que tal patrocinar reuniões, cursos, congressos? Subsidiam-se esses eventos, pagando-se muito bem para que os palestrastes convençam o público presente da qualidade dos produtos. Esse público que, claro, já está grato por estar participando do evento de forma gratuita e que envolve passeios, jantares, etc.
Para edulcorar o novo conhecimento que está surgindo, que tal manter revistas científicas, pagando caros anúncios em suas páginas? E, ao mesmo tempo, fazer publicidade em muitos outros veículos?
Com esse assédio vindo de todos os lados, reforçados por frases que têm um forte apelo de verdade porque saem da boca de técnicos, cientistas, médicos e nutricionistas, ladeadas por belos anúncios publicitários que apresentam as vantagens do aleitamento artificial e com o apoio da sempre necessidade do consumidor de não estar "por fora", de andar "na moda", de estar "na onda", acaba dando certo. E esse caso é, de fato, exemplar porque mostra o poder de convencimento dos fornecedores. Se eles conseguiram convencer pais e mães que leite em pó, cheio de produtos artificias, servidos numa garrafa plástica ou de vidro era melhor que o peito da mãe, que tinha pronta-entrega do leite ideal produzido por ela mesma, podem mesmo convencer as pessoas a consumirem quase tudo. É um poder incrível.
Claro que não foi tarefa fácil convencer pais e mães de que era possível abandonar a mãe-natureza no que ela tinha de próprio para os bebês e preferir o alimento artificial. Mas, funcionou, especialmente porque a tática conseguiu atrelar um produto industrial à ciência, criando uma imagem positiva e dando credibilidade às prescrições e ofertas.
Eis aí, pois, mais um exemplo que tem de tudo quanto os fornecedores aprenderam e usam no esquema de oferta e venda de seus produtos e serviços. Vê-se que não se trata apenas de publicidade, mas de um largo projeto de marketing que envolve a ciência e seus profissionais, as escolas, os meios de comunicação em geral, os depoimentos de autoridades e pessoas com prestígio social – os confessionais – etc., num longo e árduo trabalho de convencimento que, quando funciona atordoa o consumidor final, de modo que ele acaba não percebendo que foi enganado.
Para concluir, anoto que, no Brasil, a partir dos anos oitenta do século XX, ressurgiu a lógica e o caráter verdadeiramente científico do discurso que mostra as vantagens do aleitamento materno.

__________
1São Paulo: Lua de Papel, 2011.
2Ibidem, p. 40.
3Idem, p. 41.
4Idem, mesma pág.
5Cadernos ESP – Escola de Direito Público do Ceará, V. 1, nº 1, Julho-Dezembro – 2005.
6Ibidem, fl. 1.
7Ibidem, fl. 5.

8Ibidem, fl. 6.

                                
* Rizzatto Nunes Desembargador aposentado do TJ/SP, escritor e professor de Direito do Consumidor.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Enquanto isso AP 470...

Penas:

Marcos Valério - 40 anos, 2 meses e 10 dias + R$ 2,7 milhões

Ramon Hollerbach - 29 anos, 7 meses e 20 dias + R$ 2,7 milhões

Cristiano Paz - 25 anos, 11 meses e 20 dias + R$ 2,5 milhões

Rogério Tolentino - Ainda não definida (até agora 5 anos e 3 meses + R$ 286 mil)

Simone Vasconcelos - 12 anos, 7 meses e 20 dias + R$ 374,4 mil

José Dirceu - 10 anos e 10 meses + R$ 676 mil

José Genoino - 6 anos e 11 meses + R$ 468 mil

Delúbio Soares - 8 anos e 11 meses + R$ 325 mil

Kátia Rabello - 16 anos e 8 meses + R$ 1,5 milhão


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Até ontem...

... era assim que eu me sentia. Hoje o que é completo está inteiro novamente e somos muito mais felizes assim.

SOLIDÃO

A solidão é fera, a solidão devora.
É amiga das horas, prima-irmã do tempo,
E faz nossos relógios caminharem lentos,
Causando um descompasso no meu coração.

A solidão dos astros;
A solidão da lua;
A solidão da noite;
A solidão da rua.


E do You Tube, um videozinho para o deleite.


 Beijos minha Linda.



De Maiakovski para a sociedade brasileira

"Na primeira noite, eles se aproximam
e colhem uma flor de nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem,
pisam as flores, matam nosso cão.
E não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles, entra
sozinho em nossa casa, rouba-nos a lua,
e, conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E porque não dissemos nada,
já não podemos dizer nada."

                                              (Saiba mais sobre Vladimir Maiakovski)

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Hilton Filho enviou-lhe o seguinte abaixo-assinado.

Meus Amigos,

Acabei de ler e assinar este abaixo-assinado online:

«REPRESENTAÇÃO AO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS - PROTEÇÃO DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS DE MANAUS E CONTROLE DE ZOONOSES.»

http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N28408

Eu concordo com este abaixo-assinado e acho que também concordaras.

Assina o abaixo-assinado aqui http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N28408 e divulga-o por teus contatos.

Obrigado.
Hilton Filho

Esta mensagem foi enviada por Hilton Filho (hiltonccfilho@gmail.com), através do serviço http://www.peticaopublica.com.br em relação ao abaixo-assinado http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N28408

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

O Gato e o Periquito (perfeito) !!!

DEPOIS DAS FOTOS...
...A FRASE  DIZ TUDO
    
Para o fotógrafo, captar estas imagens
deve ter sido um deleite.













 A  amizade  não  é uma  relação
com  alguém a  quem  se  conhece
por  muito tempo, mas com 
alguém
que  você confia, em quaisquer
circunstâncias...!


Obrigado Dr. André Pio

Escritório de Advocacia
R. Dr. Almino, 06 - CENTRO
MANAUS - AM
CEP: 69005-200


 
André Ricardo Cabral Pio
          Advogado
 





segunda-feira, 2 de julho de 2012

"Não entendo que procura obter pela força o que pode obter pela persuasão, nem quem prefere a violência quando a concórdia é igualmente eficaz. Não me sirvo de seu sabre quando meu chicote pode bastar, nem de meu chicote quando minha língua pode bastar. Se tiver apenas um fio de cabelo para reter um homem, não o deixarei romper-se: quando o outro puxa, eu afrouxo um pouco: mas quando ele mesmo afrouxa um pouco, então é a minha vez de puxar. (MUAUIA [Arábia] ? - 680, Primeiro califa da dinastia dos Omíadas)"

domingo, 10 de junho de 2012

Suspensa decisão do STJ sobre benefícios fiscais de concessionárias de energia elétrica

Suspensa decisão do STJ sobre benefícios fiscais de concessionárias de energia elétrica:
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ayres Britto, deferiu liminar para suspender decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que trata de benefícios fiscais das concessionárias que atuam na distribuição de energia elétrica situadas na região abrangida pela Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) e pela Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste).
A decisão do ministro Ayres Britto atende pedido da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), que recorreu ao STF por meio de uma Reclamação (RCL 13717). De acordo com a Abradee, o presidente do STJ teria usurpado competência da Suprema Corte ao suspender os efeitos de uma liminar concedida pelo juiz da 7ª Vara Federal de Brasília (DF), que havia impedido a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de deduzir benefícios fiscais por ocasião de revisão tarifária periódica das concessionárias. Segundo a Abradee, por se tratar de tema constitucional, somente o presidente do STF poderia suspender a liminar da 7ª Vara Federal.
Segundo a Abradee, o incentivo fiscal concedido às distribuidoras tem fundamento constitucional e em lei federal e “não cabe à Aneel apropriar-se do benefício para, em contrariedade ao ordenamento jurídico, fazer sua política tarifária”. O benefício fiscal em questão consistiu na redução, a título oneroso, de até 75% do imposto de renda devido pelas distribuidoras de energia que tiveram aprovados projetos de instalação, ampliação, modernização ou diversificação nas regiões da Sudam e da Sudene.
“Vale destacar que a finalidade da Resolução Aneel 457 é retirar, por via transversa, o incentivo fiscal concedido às distribuidoras de energia elétrica, sob o pretexto de assegurar que a taxa de remuneração líquida da concessionária corresponda àquela que a Agência definirá como adequada e necessária”, argumenta a Abradee. Segundo a Associação, a Resolução Aneel 457 impedirá investimentos nas Regiões Norte e Nordeste.
Decisão
Em sua decisão, o ministro Ayres Britto destacou que quando a causa tiver por fundamento matéria constitucional, compete ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) suspender a execução de liminar proferida por Tribunais Regionais Federais ou por Tribunais dos Estados e do Distrito Federal. E este caso, como destacou o presidente, possui conteúdo de natureza constitucional em sua essência.
Ainda de acordo com o ministro, a questão envolve equilíbrio econômico financeiro, princípio previsto no inciso XXI do artigo 37 da Constituição Federal. Envolve também o princípio da legalidade tributária (inciso I do artigo 150 da Constituição) e do direito adquirido (inciso XXXVI do artigo 5º da Constituição), “tudo a sinalizar pela competência desta nossa Casa de Justiça”, destacou o presidente Ayres Britto.
De acordo com o ministro, a concessão da liminar não impede uma análise mais detida quando do julgamento do mérito da ação.
CM/AD//GAB
27/04/2012 - Associação de distribuidores de energia contesta ato do presidente do STJ

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Entendo o Resumo Estruturado no STJ

Estava fazendo umas pesquisas jurisprudenciais e deparei-me com o resumo estruturado (não lembro de ter visto isso na faculdade) como o STJ disponibiliza o entendimento acerca do assunto fiz uma captura de tela do site e colei aqui para maior publicidade.

sábado, 24 de março de 2012

G1 - Veja as dicas de professores para ir bem na prova da OAB deste domingo - notícias em Vestibular e Educação

G1 - Veja as dicas de professores para ir bem na prova da OAB deste domingo - notícias em Vestibular e Educação

A exigibilidade dos direitos fundamentais sociais diante do princípio da reserva do possível

A exigibilidade dos direitos fundamentais sociais diante do princípio da reserva do possível:
O debate central será saber de que maneira a efetividade dos Direitos Fundamentais Sociais pode ser alcançada, bem como, qual o papel do Poder Judiciário nesse conflito.

Julgador não pode ignorar falha de citação de réus que não comparecem

Julgador não pode ignorar falha de citação de réus que não comparecem: O julgador não pode desconsiderar eventual irregularidade do processo de citação do réu, mesmo se alegada após o julgamento, em embargos de declaração, ainda que tenha convicção formada sobre o mérito da ação. A decisão é da 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. O processo julgado envolve com...

quinta-feira, 22 de março de 2012

É possível indenização pelo DPVAT por acidente de trabalho na limpeza de trator

É possível indenização pelo DPVAT por acidente de trabalho na limpeza de trator

Bob Marley está bem vivo nas redes sociais


O artista morreu em 1981, mas a lenda continua viva e atualizando as redes sociais! Com mais de 37 milhões de fãs no Facebook, Bob Marley supera muitos artistas populares da atualidade como Beyoncé e Black Eyed Peas.
Além da sua fan page, mantém atualizados seus perfis oficiais no Twitter, YouTube, Flickr, MySpace e não deixa de fora as apostas Google+ e Pinterest. Com toda a discografia disponível no iTunes, o mestre do reggae estreiou mais um filme no último dia 20 (video acima)

Direto do blog do Marcelo Tas (aquele careca do CQC)

A reconstrução de uma ciência jurídica: uma questão de método?

A reconstrução de uma ciência jurídica: uma questão de método?:
Os atuais sistemas jurídicos, principalmente o brasileiro, são irracionais, pois procuram se legitimar na tradição e principalmente no poder coercitivo da autoridade.

leia mais

Empregador que pagava salários com cheques pré-datados deverá indenizar trabalhador

Empregador que pagava salários com cheques pré-datados deverá indenizar trabalhador: Um trabalhador procurou a Justiça do Trabalho, pedindo a condenação da ex-empregadora ao pagamento de indenização por danos morais, sob a alegação de que a empresa pagava os salários mensais em três parcelas, com cheques pré-datados para 15, 30 e 45 dias. Sem opção, o empregado era obrigado a leia mais

Corte Especial: leis estaduais não podem tratar de condições de atendimento em agências bancárias

Corte Especial: leis estaduais não podem tratar de condições de atendimento em agências bancárias

Lesão em cirurgia que causou morte por infecção caracteriza acidente para efeito de seguro

Lesão em cirurgia que causou morte por infecção caracteriza acidente para efeito de seguro

Photo from esperandoviraratouca

Photo:

Photo from esperandoviraratouca

Photo:

quarta-feira, 21 de março de 2012

16 dicas para se tornar um ótimo fotógrafo

16 dicas para se tornar um ótimo fotógrafo direto do tecmundo.

Área 42: Como fazer gambiarras com câmeras digitais [vídeo]

Área 42: Como fazer gambiarras com câmeras digitais [vídeo] direto do tecmundo.

Área 42: como criar uma antena de TV digital com uma latinha de refri [vídeo]

Área 42: como criar uma antena de TV digital com uma latinha de refri [vídeo]

Viaje pela Escala do Universo

Viaje pela Escala do Universo:
universo interativo física ciência  Viaje pela Escala do Universo
You need a more recent version of Adobe Flash Player.

Há vastos mundos em um grão de areia, e mundos ainda mais vastos do que alcançam nossos olhos no céu. Da espuma quântica nas menores escalas já definidas pela física de partículas, até o infinito além do Universo observável, espere a animação interativa carregar, clique em “Start” e arraste a barra inferior para navegar pela complexidade crescente explorada pelo conhecimento.
Você também pode clicar em cada item para ver mais explicações. Esta é uma segunda versão da animação, por enquanto apenas em inglês – a animação original também está disponível em português!
Embasbacar-se com a pluralidade de micro e macromundos ultrapassando aquilo que vivenciamos no cotidiano já é algo. Mas há algo ainda mais surpreendente em explorar as escalas do Universo.
Preste atenção e note que a escala humana, com aqueles objetos que estamos acostumados a ver e manipular no dia-a-dia, se situa aproximadamente na metade de todas as escalas conhecidas do Cosmos. Isto é, a física quântica define a menor escala da física elementar como o comprimento de Planck, ao redor de 10-35 metros. Já a cosmologia define a maior escala do Universo observável como um diâmetro em torno de 100 bilhões de anos-luz, ou 1027 metros. São ao redor de 60 Potências de Dez, e nós estamos aproximadamente em seu meio.
universo interativo física ciência  Viaje pela Escala do Universo
A ciência nos mostra que não estamos no centro do Universo, e que afinal, o Universo não possui um centro. E no entanto a mesma ciência nos mostra que estamos ao redor do centro das escalas de comprimento onde todos os fenômenos acontecem. [via APOD, Glashow's Ourobouros]


10 objetos antigos que ainda funcionam

10 objetos antigos que ainda funcionam:

A lâmpada mais antiga do mundo

A mais antiga lâmpada do mundo foi acesa há 111 anos. Criada por Adolphe Chaillet, ela hoje está na central de bombeiros da Califórnia. A tal lâmpada é tão famosa, que possui até fã clube e site em sua homenagem.

.

.

.

.



O mais antigo aspirador de pó

O mais antigo aspirador de pó do mundo está na Inglaterra e já completou 108 anos. Entretanto, apesar de funcionar perfeitamente, sua dona prefere usar um modelo mais novo para limpar a casa.

.

.

.

.



A mais antiga geladeira

Em época de recessão, uma família Edimburgo, Reino Unido, decidiu investir as economias numa geladeira nova. No entanto, nem o mais otimista membro da família imaginaria que ela sobreviveria por 77 anos. O modelo da Frigidaire hoje ocupa um lugar de destaque na cozinha de Rosemary Kinghorn, que herdou o aparelho quando sua mãe morreu.

.

.

.

.



O mais antigo computador

O japonês FACOM 128B foi construído em 1958 e hoje é detentor do título de mais antigo computador em funcionamento do mundo. Bem verdade, ele já passou por algumas atualizações, mas o núcleo do sistema ainda é o mesmo. Longe de ser o mais compacto, o FACOM ocupa 700 metros de espaço e tem poder de cálculo semelhante a uma calculadora atual. A meta da empresa é mantê-lo funcionando até 2016, quando completa 60 anos de operação.

.

.

.

.



O mais antigo robô humanoide

Ele não possui nenhuma inteligência, mas entrou para a história por ser um dos primeiros robôs humanoides da Grã-Bretanha, construído logo após a Segunda Guerra Mundial. Montado com sucatas de um avião bombardeiro, ele não consegue nem chegar perto dos atuais sistemas de inteligência artificial, mas consegue se mover motivado por um controle remoto, duas baterias e alguma lubrificação nas articulações.

.

.

.

.



O mais antigo televisor

Já se passaram 75 anos desde que este televisor foi lançado. Ele foi comprado por apenas $ 100 três semanas após o início das transmissões na Grã-Bretanha. Possui tela de 12″, estrutura feita em mogno, com imagem refletida em um espelho.

.

.

.

.



O mais antigo semáforo

O semáforo mais antigo do mundo hoje está no museu Ohio Small Town, em Ohio, mas por anos foi responsável por organizar o trânsito. De acordo com o museu, o semáforo foi aposentado porque algumas pessoas daltônicas não conseguiam distinguir o vermelho do verde.

.

.

.

.



O mais antigo hotel

O japonês Nisiyama Onsen Keiunkan foi fundado em 705 e permanece ativo até os dias atuais. Nem os mais de 1300 anos foram suficientes para modificar sua aparência. O hotel está localizado no coração as montanhas, com fontes de água quentes. A estadia custa cerca de US$ 350.

.

.

.

.



O carro mais antigo do mundo

Construído na França, em 1884, o “La Marquise” foi originalmente construído para o conde francês De Dion, um dos fundadores da empresa que a construiu. Alimentado por lenha, carvão e pedaços de papel, o carro leva cerca de meia hora para trabalhar a todo vapor. A velocidade máxima é de 38 km por hora.

.

.

.

.



O cinema mais antigo

O polonês Helios Welt-Kino-Theater, mais antigo cinema do mundo, abriu as portas em 1909 com três filmes: Der Kampf um den Glauben, Pick und Pock, and Die Smaragdküste der Bretagne. Duas guerras mundiais não foram capazes de impedir suas operações.
Via Oddee


Notas relacionadas:
  1. Feira milionária reúne objetos inusitados
  2. Ideias para você criar novos itens usando objetos velhos
  3. Carta de presidente de gravadora dizia que Madonna ainda não estava “pronta”

O homem invisível ataca novamente

O homem invisível ataca novamente:
Você já deve ter visto algumas fotos do chinês Liu Bolin por aí. Se não lembra, é porque não percebeu que ele está inserido em cada uma delas. Veja mais algumas fotos.


Notas relacionadas:
  1. 1º de Abril: Fotos falsas que circulam na web como se fossem reais
  2. Menor homem do mundo tem uma grande decisão pela frente
  3. Cantor 50 Cent perde 30 quilos e fica irreconhecível